ALEGRES NA ADVERSIDADE

“Todavia eu me alegro no Senhor…” Habacuque 3:18

É fácil estar contente e dar louvores ao Senhor quando tudo está bem. Já quando tudo está mal, não só não é fácil, como é extremamente difícil.

A situação do profeta Habacuque era precisamente esta última. Ele e o seu povo estavam a passar por grandes tribulações. A sociedade onde ele se encontrava caracterizava-se por tudo quanto era feio: Violência, destruição, corrupção, injustiça, opressão, pobreza, exploração eram as marcas daquela sociedade.

Depois de questionar Deus sobre até quando duraria aquela situação sem Deus responder às orações e súplicas do profeta, Habacuque percebeu que tudo aquilo era consequência do pecado do povo e porque se desviaram do Senhor. Mas, também entendeu que, no tempo de Deus, tudo haveria de ter um fim. Deus é justo e nada deixará que aconteça sem que a sua justiça se manifeste. Perante isto o profeta, louva ao Senhor e afirma que mesmo que tudo esteja mal, e apesar de tudo estar mal, ele continuará a confiar no Senhor e a alegrar-se em Deus. A alegria do crente não depende de circunstâncias favoráveis, ela permanece mesmo quando as circunstâncias são adversas. Permanecer alegre com Deus, mesmo na adversidade, é prova de fé e dependência de Deus, é confiar e esperar nos seus planos.

Abril 19th, 2016|Devocionais|0 Comments

Leave A Comment