Departamento Feminino

Plano de Acção 2017

No cumprimento da sua missão, e de acordo com o que está definido nas “Normas Internas do Departamento Feminino”, no seu Artigo 1 – Natureza e Objetivos, relativamente ao trabalho daquele departamento, a Direção propõe-se levar a cabo as seguintes ações:

1) Estimular as mulheres das Igrejas locais a desenvolverem-se espiritual, intelectual e socialmente, procurando incluir mulheres de todas as faixas etária.

  • Guia de Atividades – Prosseguir a edição desta ferramenta de apoio ao funcionamento dos grupos de mulheres através da sugestão de atividades de acordo com o calendário de atividades da CBP
  • Mães que oram – Desenvolver este importante ministério de forma a que todas as igrejas possam ter um grupo em funcionamento.

2) Incentivar as mulheres das Igrejas locais a realizarem atividades que visem o serviço cristão, a evangelização de outras mulheres e apoio à obra missionária de modo a que elas se tornem cada vez mais comprometidas com a obra que o Senhor lhes deu a realizar.

  • Cooperar com os Departamentos da CBP, nomeadamente o Departamento de Missões, de forma a apoiá-los na prossecução dos seus objetivos.
  • Propor às Uniões Femininas um projeto de apoio a missões focado, este ano, em Missões Mundiais-Moçambique
  • Motivar as Uniões locais a apoiarem o ministério do STB.

3) Promover eventos que contribuam para a comunhão entre as mulheres, tanto a nível nacional, regional como local.

  • Criar oportunidades de convívio entre as mulheres e formação em áreas que são importantes para a sua vida física e espiritual.
  • Promover o Acampamento Feminino.
  • Realizar um Encontro Nacional de Mulheres no dia do início do Acampamento Feminino
  • Realizar encontros regionais e retiros nas zonas do país: na zona Norte, na Primavera e no Outono, na zona Centro-Norte na Primavera, na zona Centro- Sul em Outubro e Fevereiro, na zona Sul em Novembro e Fevereiro, e o retiro em Maio.
  • Estabelecer contactos e fazer visitas a Igrejas mais afastadas dos grandes centros que têm dificuldade em participar nos encontros.
  • Utilizar as redes sociais como forma de contacto entre todas as mulheres.

4) Desenvolver material de apoio ao ministério das uniões femininas na igreja local, bem como literatura que contribua para o crescimento espiritual da mulher cristã e que vá de encontro às suas necessidades específicas.

  • Assumir a publicação da revista Lar Cristão e dinamizá-la, de forma a que esta alcance o maior número possível de leitores.
  • Publicar no suplemento da revista Lar Cristão o material de apoio necessário à realização das atividades sugeridas no “Guia de Atividades”.
  • Dar passos no sentido de tornar possível a publicação de literatura voltada especialmente para a mulher cristã.

Direcção 2017-2019